Consolidação

Lideres: Daniel e Josy Oliveira

“Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo”. I Pedro 2:2

A Bíblia compara um recém convertido a uma criança que necessita de todo o cuidado e atenção. Uma das principais funções da igreja é cuidar de seus novos convertidos, instruí-los na fé e conhecimento da Palavra, alimentá-los e conduzi-los a um crescimento saudável para que se tornem crentes maduros e alicerçados.

Nosso Ministério de Consolidação tem a missão de cuidar do novo desde o momento de sua decisão até ser batizado e integrado em algum ministério. Nosso processo de consolidação acontece da seguinte forma:

1. Verificação da entrega no momento da decisão;
2. Fono-visita no dia seguinte à decisão com o envio de uma carta de felicitações pela decisão tomada;
3. Acompanhamento do novo convertido por um anjo voluntário;
4. Escola de Novos;
5. Encontro;
6. Batismo
7. Integração a um ministério.

O QUE SÃO OS ANJOS VOLUNTÁRIOS?

Os anjos voluntários são integrantes e líderes de ministérios ou líderes de células que estarão à disposição da consolidação para discipularem o novo convertido durante sete semanas, até o momento do batismo. O trabalho desses anjos acontece da seguinte forma:

– Existe um cadastro de voluntários para ajudarem na consolidação;

– A escolha desses anjos segue um critério como 1 ano de conversão, vida de devocional, conhecimento da palavra, fidelidade na igreja, etc.

– Esses voluntários são acionados assim que surgir um novo convertido de acordo com seu perfil (idade, sexo, escolaridade, etc).

– Os anjos recebem os dados do novo e estarão entrando em contato no mesmo dia para marcar o dia e horário da visita;

– Assim que marcam a visita, estarão indo até a casa ou se encontrarão com o novo na igreja para terem o primeiro contato;

– Durante essas visitas o anjo estará ministrando o livro de consolidação, mas deverá criar um vínculo de discipulado com o novo, o ajudando em suas dificuldades, orando por ele, etc. É importante que o novo compareça à escola de novos no domingo seguinte e, na medida do possível, já seja inserido em um PG. Nesse caso o líder desse PG passa a ser o anjo desse novo;

– Durante sete semanas o anjo estará discipulando o novo, o acompanhando constantemente, verificando se está vindo na igreja, o integrando com seu grupo, etc.

– Durante esse período deverá todo o domingo entregar a ficha de acompanhamento do novo para a Central de Consolidação, que estará se reunindo na segunda e avaliando o processo de consolidação. Essas fichas são preenchidas com a data, horário do discipulado e também com os problemas, dificuldades e motivos de oração do novo. Em uma cópia dessas fichas é entregue para a equipe de intercessores para estarem orando pelos novos. As fichas de consolidação são arquivadas numa pasta arquivo e se tornam o dossiê do novo convertido;

– O anjo que deixar de realizar o discipulado semanal estará sendo desligado e o novo estará sendo entregue a outro anjo.

– No final das sete semanas, o novo convertido estará se batizando e passando pelo encontro de Peniel. Depois desse processo estará sendo entregue a um ministério ou PG e, dessa forma, o processo de consolidação estará finalizado.

– No final do processo é realizada uma avaliação de aproveitamento, comparando-se os números de decisões com o número dos que permanecerão. É feito um gráfico de aproveitamento todos os meses até o final do ano.

[slideshow_deploy id=’4471’]

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*